Cura de um Hidrópico – Parte 1

29 06 2008

Porque Jesus não guardava o Sábado?

Texto: Lucas 14: 1-14

Nesse texto Jesus está na casa de um fariseu importante na época. Ali também estava um hidrópico (pessoa fica com edema generalizado – possui diversas causas). E apesar de ser sábado, Jesus cura o homem. Algo que os judeus não aceitavam por considerar que era um trabalho.

Jesus então perguntou se alguém se vir um filho ou um boi cair num poço deixará de ajudá-lo por ser sábado. E eles nada responderam.

Então algo interessante ocorreu: as pessoas começaram a buscar os primeiros lugares na mesa. E Jesus então contou a parábola dos primeiros assentos e dos convidados.

Visto que guardar o sábado é um mandamento importante de Deus (por estar entre os 10 mandamentos e não algo perdido em algum lugar do Levítico), o que Jesus fez não seria uma transgressão a lei de Deus?

A resposta é obvia: NÃO! Mas porque não? Porque a quebra da letra da lei não se constitui uma transgressão?

Para responder isso, temos que pensar no motivo e no espírito por trás dos mandamentos. Todos eles foram feitos a favor do bem e da vida das pessoas. Você não deve matar, adulterar, mentir porque isso quase sempre é algo que vai gerar algo ruim. Guardar o sábado também tem esse principio por trás. Porque ninguém pode trabalhar 24hrs/7dias da semana. Caso faça, isso fará mal. Mas isso é uma abordagem no Macro. No Micro a coisa é mais complexa e relativa.

O espírito por trás dos mandamentos é gerar algo bom ou evitar algo ruim, caso seguir a letra da lei vá gerar o oposto, é possível quebrar a letra da lei. Em outras ocasiões Jesus citou que quando Davi está sendo perseguido, ele e seus soldados comeram os pães da proposição, algo ilícito. E Raabe, a prostituta que mentiu para salvar os espias e isso não só não foi atribuído como pecado, como a colocou no hall da fama dos heróis da fé! Sendo ela citada tanto em Hebreus 11(Capitulo da fé) como em Tiago 2, quando Tiago fala da verdadeira fé e exemplifica o que seria uma fé verdadeira com 2 exemplos:Abraão, o pai da fé e Raabe, a “prostitura mentirosa”.

Logo, se um preceito religioso (uma lei ou o preconceito a uma pessoa que não está dentro das normas da religião) pode atrapalhar algo que seja para o bem, devemos jogar fora a religião, os lideres, a lei e dar valor ao próximo, a vida. Foi o que Jesus fez. Não quis saber dos lideres religiosos, da sua reputação, da lei mas sim daquele que precisava da sua ajuda.

Termino com aquilo que Paulo disse em Gálatas 5 – Pois em Cristo Jesus nem a circuncisão*, nem a incircuncisão tem valor algum. O que importa é a fé que opera pelo amor.

* Circuncisão representava a obediência a lei (que foi exaustivamente discutida nesse livro – Galatas) em detrimento da graça de Deus.

PS. E guardar o sábado não tem a obrigatoriedade de ser o sábado(ou o domingo na atualidade) como dia da semana, afinal isso é uma convenção humana. Mas aquilo que é sábado para você. Eu, quando for médico, não guardarei um dia especifico. Padres, pastores normalmente guardam a segunda como “sábado”.

About these ads

Ações

Information

One response

30 09 2009
douglas

nada ver manda mais claro o siginificado serto e com mais clareza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: